Image Map Aconteceu Gusttavo Lima: Registro Pop entrevistou Gusttavo Lima

Registro Pop entrevistou Gusttavo Lima

Gusttavo Lima é o cantor sertanejo do momento. Com vários hits tocando nas rádios, em novelas e uma lista extensa de shows no Brasil e exterior, nessa entrevista exclusiva ele revela seu amor e carinho pelos fãs, seu método de trabalho e da possibilidade de protagonizar uma novela. Vamos curtir a entrevista?

Registro Pop: Qual seu diferencial em relação a outros artistas de música sertaneja atualmente no mercado?

Gusttavo Lima: Não posso pontuar meu diferencial com relação a outros artistas, posso sim assumir a responsabilidade de um trabalho legal e com muito amor e dedicação.

Registro Pop: O preconceito que o gênero sertanejo sofre no Brasil  já vem de muito tempo. Acredita que determinados setores da imprensa tem responsabilidade com a maneira que tratam o trabalho dos compositores e artistas da música sertaneja?

Gusttavo Lima: Não. Acredito que ninguém seja responsável. A música não se barra. Ela ultrapassa as barreiras e com as redes sociais, as pessoas não ficam tão presas ao que sai na imprensa, é só entrar no youtube e conferir o trabalho do artista e formar sua própria opinião.

Registro Pop: O que não abre mão na concepção do seu trabalho? É exigente com sua equipe e se envolve em todos os andamentos da sua carreira?

Gusttavo Lima: Sim.Gosto de estar por dentro de tudo o que acontece, sou exigente, mas não sou chato. É legal você querer um trabalho redondinho, afinal é minha carreira e esta equipe depende de que eu seja o melhor que posso ser, por isso quero que sejam os melhores, e posso dizer, são!

Registro Pop: Qual a situação do show business atualmente no Brasil? Cds e DVDs atualmente não alavancam mais a carreira de um artista e não dão mais tanto retorno financeiro como antes? 

Gusttavo Lima: Dão sim. São importantes pra nós, o fã ainda quer ter o material nas mãos, comprar o original.

Registro Pop: Consegue visualizar o perfil de seus fãs e saber o que eles gostariam de ouvir no seu repertório e algo que poderiam estranhar? Até que ponto surpreender os fãs é arriscado?

Gusttavo Lima: O fã é surpreendente. Ele gosta do que a gente faz independente de seguir regras, mesmo porque o artista se renova e o fã acompanha.

Registro Pop: Qual critério da seleção de músicas em seus shows? A medida que os sucessos vão se acumulando, algumas músicas ficam de fora do repertório, mas quais músicas não abre mão?

Gusttavo Lima: Nosso repertório consiste nas músicas que mais tocaram na carreira. Sempre que surgem novas músicas, vamos modulando e tirando o que foi sucesso no passado. “Balada”, “Gatinha assanhada”, “inventor dos amores” não ficam de fora.

Registro Pop: Se recebesse um convite para protagonizar uma novela que ambientasse o campo e sua rica cultura  e claro muita música aceitaria? Já tivemos artistas como Daniel e Sérgio Reis que já se aventuraram no cinema e na TV. Tem esse desejo?

Gusttavo Lima: Nunca parei para pensar nesta hipótese, estou muito focado nos palcos, mas quem sabe eu não aceitaria?

Registro Pop:Como equilibrar o estado emocional quando se torna famoso e tem a responsabilidade de atender as expectativas de fãs, imprensa, de manter empregados trabalhadores que dependem do seu sucesso para sustentar as suas famílias?

Gusttavo Lima: Focar nos dias como um trabalho e seguir com pés no chão e fé em Deus.

Registro Pop: Alguma situação engraçada que passou com alguma fã? Qual acredita ser o limite da relação do fã e artista, para não se tornar algo que beire a falta de educação?

Gusttavo Lima:O fã faz tudo pra estar perto da gente, são muitas situações. Elas gostam de agarrar, gritar, é uma energia que revigora. Tem umas que machucam, arranham, mordem isso eu acho ruim, ninguém gosta de sentir dor.

Registro Pop: Fale da sua nova música de trabalho e novidades para o segundo semestre desse ano. 

Gusttavo Lima: Estamos lançando o novo DVD “Buteco do Gusttavo Lima tem muita música bacana, são regravações de música que eu já cantei muito em barzinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário