Image Map Aconteceu Gusttavo Lima: Gusttavo Lima: “Dormi na rua para ter meu trabalho reconhecido”

Gusttavo Lima: “Dormi na rua para ter meu trabalho reconhecido”



Em meio a uma avalanche de compromissos profissionais – e tentando adequar sua agenda com suas necessidades pessoais – o cantor Gusttavo Lima nos recebeu no camarim do Villa Country, em São Paulo, para um rápido bate-papo. “Obrigado por ter esperado”, disse poucos minutos antes das quatro horas da manhã. O atendimento deveria ter sido feito antes do show, mas por complicações diversas foi passado para depois. “Desculpe não te atender antes, me atrasei pois fiz um show a tarde”, falou em relação a apresentação no Mercado Municipal de São Paulo para os ganhadores de uma promoção. É quase impossível não gostar dele. Entre um abraço e outro de amigos e fãs, cantarola algumas canções. Fãs, aliás, que ele prometeu no palco atender após o show: “Vou tirar foto com todos vocês que trouxeram cartazes”. Dito e feito.
O show teve algumas participações, uma música inédita e muitas surpresas. Uma das que mais chamou atenção foi o novo corte de cabelo do cantor. O antigo era uma das marcas registradas de Gusttavo: “Esse corte chama ‘Fiote de Cruz Credo’”, brinca. O artista ainda cantarolou “Show das Poderosas”, da funkeira Anitta, “Ela é Top”, do Mc Bola e “Paz e Amor”, de Jorge & Mateus. “Quem Tem Sorte é Sortero”, que não faz parte do setlist usual do show, também apareceu. Durante a música “Cheiro de Shampoo”, a apresentação foi interrompida por uma briga: “Vou ter que descer aí embaixo para resolver isso? Vão arrumar mulher! Se eu fosse solteiro e estivesse aí, tinha beijado umas 50!”. Para dar o clima do disco que está por vir, o sucesso “Fora do Comum” foi cantado também em espanhol. O próximo DVD do artista? Será gravado em agosto de 2014 na 29ª Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos.
O clima do camarim é de astro do rock. São dezenas de pessoas assessorando a estrela, das mais úteis e educadas aos seguranças truculentos. O acesso ao mais novo ídolo da música sertaneja – e um dos mais bem-sucedidos da geração – é difícil, mas ele faz valer a pena. Falando baixo, o mineiro de Presidente Olegário, nascido Nivaldo Batista Lima, preservou a simplicidade e a simpatia. “Dormi duas horas de ontem para hoje, quando cheguei no hotel às nove da noite (após o show no Mercadão) eu precisava dormir ou não daria conta do show”, confessa.

Fonte: Setor Vip

Nenhum comentário:

Postar um comentário