Image Map Aconteceu Gusttavo Lima: Gusttavo Lima mostra seu 'tchererê, tchê, tchê' no Rio

Gusttavo Lima mostra seu 'tchererê, tchê, tchê' no Rio

Foto: Divulgação
   Gusttavo Lima já lavou seu carro, regulou o som e agora vai pegar o jatinho particular para mostrar seu ‘tchê tchererê tchê tchê’ no Rio. Fenômeno da música sertaneja aos 22 anos, ele só passou por aqui para participar do ‘Viradão Carioca’ e é amanhã (19) que fará seu primeiro show completo na cidade, no Citibank Hall, com direito a palco personalizado, jogo de luzes, painéis de LED e todo o repertório que vai muito além do hit ‘Balada Boa’.
Para fazer um bom ‘tchê tchererê tchê tchê’ e entrar no clima, a dica é uma só: seja sempre verdadeiro com você e com as pessoas. Esse refrão simboliza a alegria e o carioca já é um povo para cima. Assim fica fácil cair na dança para todo mundo curtir o show”, explica o cantor. “Tocar em uma cidade como o Rio de Janeiro é sempre bom e o público carioca é exigente. Acho que as pessoas vão gostar do show”, emenda.
  Apesar de estar consciente de que o refrão-chiclete ficará grudado para sempre em sua carreira, Gusttavo sabe que chegou a hora de seguir em frente e até já escolheu uma canção para concorrer com esse megassucesso. “Vivo de música e essa cobrança me estimula a fazer algo cada vez melhor. A próxima aposta é ‘Gatinha Assanhada’, que está quase pronta. É uma música para cima, animada e contagiante”, revela. O refrão segue a cartilha de ‘Balada Boa’ e estará no próximo DVD do cantor, ainda sem data de lançamento: ‘Gatinha assanhada cê tá querendo o quê?/ Eu quero mexer, eu quero mexer’, diz a letra.
  O cantor também quer aproveitar sua passagem pela cidade para mostrar que, hoje, o Rio é mais que a capital do samba e que já tem o sertanejo universitário no sangue. “O Rio quebrou essa resistência faz tempo. A meu ver, o carioca gosta de uma boa música e o sertanejo acaba tendo um pouco de tudo, desde uma música de raiz do interior até uma mistura com um bom pagode”, justifica.
  Com fama de pegador — ele já disse que pegava 22 mulheres por mês —, Gusttavo vem ao Rio com as mãos atadas (namora a assistente de palco do Gugu, Rafinha Viscardi), mas isso não significa que o assédio da mulherada vá diminuir. “As fãs costumam fazer de tudo para mostrar carinho, independentemente do lugar. Uma vez, aconteceu de uma menina entrar no ônibus da equipe e se esconder. Só depois de 60 km é que ela apareceu. Tivemos que voltar para deixá-la em sua cidade”, relembra, às gargalhadas.
  Depois de dizer várias vezes que não tem problema em ficar com tantas meninas, parece que Gusttavo quis deixá-las enlouquecidas de vez e deu uma intensificada na malhação. Ele está visivelmente mais forte e anda até tirando a camisa durante os shows, causando ainda mais gritinhos histéricos. “Penso que devemos sempre dar uma renovada no visual e essa malhação está sendo essencial para a vida corrida de shows e compromissos profissionais. Tem sido muito boa para minha saúde essa nova fase, não é fácil, mas estou determinado”, completa.

Serviços:
Citibank Hall. Avenida Ayrton Senna 3000, Barra da Tijuca (4003-6464).
 Hoje, às 22h. R$ 100 (pista), R$ 140 (poltrona) e R$ 200 (camarote).
 Estudantes e maiores de 65 anos pagam meia. 15 anos.


Fonte: O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário